O tempo tem passado rápido demais para você?


O ano acabou e você ficou com a sensação de não ter feito nada? A gente vai te sacudir!
Alguma vez você já se perguntou “mas para onde foram todos esses meses?! Já é julho! Metade do ano! Parece que não fiz nada!”? O_o

Como não queremos te ver sentindo essa angústia daqui a seis meses, aproveitamos que ainda é dia 02 de janeiro para te dizer que você ainda não sabe, mas o desafio TSH 2017 é feito sob medida para tirar todo mundo deste lugar comum! Toda segunda-feira lançaremos um desafio de sete dias [você também pode mandar sugestões de desafios e queremos saber o seu feedback].
E ai você nos perguntará: mas o que um desafio tem a ver com o tempo voar?! Isso não responde a pergunta. Continuo querendo saber para onde foram meus dias!
Calma! A gente explica!

Quando nosso cérebro recebe informações já conhecidas, ele as processa bem rapidinho [o tempo parece voar]. Já quando ele é confrontado com novas informações, precisa executar tarefas menos comuns ou estar alerta para não executar o script padrão ele precisa trabalhar um bocado a mais. Isso acontece em parte porque muitas novas informações vêm em ordens confusas; outras vezes a informação vem clara, mas executá-la demanda habilidades [às vezes músculos] que ainda serão aprendidas, outras vezes precisamos desaprender um padrão, ter atenção redobrada nas atividades e por aí vai.
Porém, o cérebro em funcionamento estica o tempo, afinal nossa percepção de tempo está ligada as informações que armazenamos. Quanto mais tempo levamos para processar uma nova informação, a sensação é de mais tempo decorrido. Se nada relevante passou por lá, a memória será bem pequena; consequentemente, parecerá que o tempo voou e que nada aconteceu.

170102.jpg

Ainda não se convenceu do poder de se desafiar? Listamos algumas razões aqui para você.

1. Se você não tentar algo, jamais saberá se conseguiria ou não.

Errar faz parte. Perder o desafio pode também ser uma vitória se ao aceitá-lo você se viu superando um baita medo.

2. Se desafiar é crescer.

Desafiar o seu corpo, a sua mente e os seus hábitos é também desafiar a plasticidade de quem você pode vir a ser. Crescer não pode ser aprendido na teoria, é algo que só acontece ao vivermos experiências.

3. Abraçar novos desafios te torna mais adaptável.

Esta característica tão almejada pelas empresas também deveria ser almejada por nós mesmos. A rapidez em nos adaptarmos a novas situações e aos desafios da vida tem papel essencial no nosso desempenho profissional e na nossa felicidade ao longo da vida.   

E agora? Que tal começar a fazer cada dia do seu ano contar?
O desafio desta semana será bem fácil e propício a este desejo de começar o ano a todo vapor: uma semana sem bebidas alcoólicas.

Não é nada que não tenhamos feito tantas outras vezes antes, porém, anteriormente, sem a pressão de um desafio e dos muitos [e muito alcoólicos] encontros de começo de ano!


Por que uma semana sem álcool? O consumo de bebidas alcoólicas prejudica o nosso sono e acelera o envelhecimento; depois de alguns dias de excessos, achei válido passar a régua e entrar em 2017 mais presente. 
Desafio lançado! Quem vem com a gente?   


Regras: a regra deste primeiro desafio TSH é muito simples: 7 dias sem consumir álcool. Não vale bombom de licor e nem molho com vinho branco. (;

Você acha que conquistar novos desafios é impossível para você? Está com dificuldades em abraçar uma vida maior e melhor? As selfhunters te ajudam! Escreva para helpme@theselfhunters.com ou nos mande uma mensagem no Facebook ou Instagram.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s